Exames

Densitometria Óssea

Como funciona
Com uma dose mínima de radiação, dez vezes inferior à uma radiologia convencional, a Densitometria Óssea se utiliza de uma fonte de raios-x duo energética para a aquisição de imagens.
Ela apresenta resultados que são comparados com um padrão estabelecido para cada idade e sexo. O diagnóstico possibilita que o médico identifique se o paciente tem osteoporose e, consequentemente, maior risco de sofrer fraturas.
O exame é rápido e indolor e permite fazer uma análise computadorizada de determinadas regiões do corpo.
O que identifica
As regiões mais comuns analisadas com a Densitometria Óssea são:
- Coluna lombar;
- Fêmur proximal;
- Corpo inteiro - utilizada para medir gordura e massa corporal.
Para quem é indicada
- Todas as mulheres em fase de pré-menopausa, menopausa e pós menopausa;
- Todas as mulheres com 65 anos ou mais, com ou sem fatores de risco adicionais;
- Mulheres que fazem terapia de reposição hormonal por períodos prolongados;
- Homens e mulheres que fazem uso de hormônios tireoidianos, corticosteróides e medicamentos anticonvulsivantes;
- Crianças, quando há necessidade, de acompanhar o desenvolvimento ósseo em doenças osteometabólicas e regimes dietéticos para emagrecimento;
- Atletas ou pessoas que desejam saber sua gordura e massa corpórea.
Preparos especiais
- Não é necessário jejum;
- Não se pode esquecer de levar os exames de Densitometria Óssea feitos anteriormente.
Durante o exame
A Densitometria Óssea é realizada com o paciente deitado na mesa do equipamento, sem qualquer desconforto, o método é indolor e não há contato do aparelho com o corpo.
É importante lembrar que durante a realização do exame é fundamental permanecer imóvel. O exame todo dura entre 10 e 15 minutos.
Após o exame
Não há nenhuma recomendação especial.
Vantagens
A Densitometria Óssea é um exame não invasivo, rápido, preciso e capaz de identificar a diminuição da massa óssea nos seus estágios iniciais. A vantagem disso é que o médico pode diagnosticar uma osteoporose e prever estatisticamente as chances de uma fratura ocorrer, acompanhar e tratar a doença.
Atualmente o exame é o mais indicado para determinar a extensão da perda óssea e para verificar a eficácia da prevenção ou tratamento.
Contra-indicações
A Densitometria Óssea é contra indicada para pacientes grávidas.


Fale Conosco

+55 (66) 3556-1211  /  3556-1357

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo